74725.jpg

Retratos

Sim:

Sermos para sempre

duramente, absurdamente, arduamente

humanos.

 

In

can

savel

men

te!

 

A cada nova manhã que desperte

o fardo de nossos destinos,

e a lógica etérea de nossas razões.